No final de 2011, estudantes de diversas intituiçoes de ensino, encontrando-se por acaso em um evento na cidade de Sao Paulo, perceberam a necessidade de aumentar o contato entre estudantes libertários da região. Essa conclusão levou à proposta de fazer o Encontro de Estudantes Libertários EEL®, no qual pudesse haver troca de experiências e construçao de uma rede de contatos e informes. O formato de ‘encontro’ possibilita que todxs essxs estudantes se conheçam pessoalmente e compartilhem um espaço de vivência e formaçao coletiva e autônoma.

O primeiro encontro, apesar de modesto em quantidade de participantes, contou com pessoas de grande parte do estado de Sao Paulo. Num clima mais informal, começaram a ser esboçados os primeiros acordos e propostas comuns. Começavam a surgir os temas: Autonomia, autogestão, açao direta, solidariedade, feminismo, federalismo. Tivemos, sim, diversos problemas: A informalidade do encontro se expressou negativamente na falta de uma programação clara de discussões e na divisão desigual de tarefas. Ainda assim, saímos deste encontro com um bom acúmulo a respeito do movimento estudantil e de sua conjuntura atual, além de algumas propostas bastante claras para desenvolvermos em nossas próprias localidades. Como resultado deste espaço de encontro, saímos com nossa carta do I EEL.

Link para carta do I EEL

Convergindo com as propostas desse primeiro momento, começamos a germinar o Rizoma. Assim, pouco tempo depois, sediamos na USP o segundo encontro, mais longo e com mais participantes. Se, por um lado, conseguimos fazer uma programação que abrangesse diversos temas libertários, com presença de diferentes coletivos, e abrisse espaço para atividades lúdicas, a quantidade exagerada de atividades, somada a uma péssima divisão das tarefas e dos tempos, fez com que muitas pessoas ficassem sobrecarregadas e tivessem sua participação comprometida. Alguns membrxs do Rizoma, meio como ‘anfitriões/ãs’, acabaram por arcar com grande parte do trabalho; foi visível a divisão sexual de tarefas principalmente nas de alimentação e limpeza e o atropelamento de alguns debates por má organização do tempo. Apesar dos pesares, entedemos que este segundo encontro fora um espaço fértil e agradável para as discussões relacionadas tanto com nossos anseioso mais profundas quanto com questões de nosso cotidiano, e mesmo os erros que cometemos ajudaram a melhorar fragilidades de nosso tão jovem coletivo.

Já sobre o Terceiro Encontro de Estudantes Libertárixs… Papo-reto: entendemos que este teve graves problemas. A começar pelo nosso projeto de bancarmos um busão gratuito para quem quisesse colar, este saiu por mais de …. Enfim, ainda estamos pagando o preco de nossa megalomania… Infelizmente, isto foi somente o começo, o prelúdio. Com uma enorme carência de diversidade temática e também de atividades lúdicas, os debates deste encontro oscilavam entre falsas polêmicas abstratas, bastante deslocadas do dia-a-dia dxs estudantes – como a inesquecível peleia acerca do que viria a ser federalismo -, e pontuações tao específicas que interessavam tão somente para participantes de um dos coletivos estudantis presentes.

Além disto, um pesado clima de hostilidade e desrespeito permeou toda convivência: tanto entre membros do próprio CASO, quanto entre os especifistas que atuam no CASO e xs militantes do Rizoma, e entre os especifistas que atuam no CASO e as feministas. Presenciamos diversas momentos de desrespeito e de machismo, e entendemos que este tipo de prática é bastante incoerente com as propostas libertárias. Finalmente, lamentamos a terceirização das refeições, que só contribuiu para a falta de autonomia do espaço, reforçando o machismo da divisão sexual do trabalho. Deixamos o encontro de ressaca, mas garantimos que ela não foi causada pelo consumo de álcool – já que esse fora proibido.


Passados alguns meses, no entanto, entendemos que seria uma pena abandonar esse projeto como um todo. Queremos sim fazer uma luta forte, superando os problemas que nos deparam nessa caminhada e sempre valorizando a auto-crítica, a leveza, a coerência e o “proceder”. As questões que nos incentivaram a fazer o primeiro encontro ainda batem forte dentro de nós. Continuamos reconhecendo, talvez ainda mais intensamente, a necessidade do convívio dos estudantes libertárixs e da quebra do isolamento nos nossos espaços de atuação. A troca e construção de esperiências, tanto para o incentivo e tomada de ações, preservação de memória dos coletivos e conformação de redes de contatos, mantém-se, a nosso ver, de suma importância. Colocado isto tudo, gostaríamos de convidar a todxs coletivos e pessoas interessadxs em continuar tocando o encontro para batermos um papo e fazermos o Quarto Encontro de Estudantes Libertárixs acontecer! Colae!

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Nosso contato é: rizomaARROBAriseup.net

https://rizoma.milharal.org

Busão Sampa Marília para o IIIEEL

Posted: 25th setembro 2012 by rizoma in IIIEEL

Aqueles que quiserem ir de São Paulo capital para o 3° Encontro de Estudantes Libertárixs de ônibus devem mandar email para:

rizoma[a]riseup.net (arrumado)

com as informações:

Nome completo;

RG/CPF;

Se poderá levar colchão/barraca ou não;

Contribuição que poderá dar;

O onibus está sendo bancado com muito sangue, suor e cerveja de diversos militantes do Rizoma. A nossa intenção é possibilitar a ida de todxs os estudantes interessados, todavia pedimos uma contribuição voluntária de até R$50 para dar uma aliviada nos custos. O total que sairá o ônibus será 3300 reais.

O ônibus sairá de São Paulo na quinta-feira às 24h.

 

III Encontro de Estudantes Libertárixs!

Posted: 21st setembro 2012 by eelsp in IIIEEL

O que é o Encontro de Estudantes Libertárixs?*

O primeiro EEL ocorreu em Santos no começo do ano. Nesse encontro, decidimos que para fortalecer a luta estudantil precisamos de organização horizontal, sem hierarquias, a nivel regional e nacional. Daí surgiu a proposta de trabalharmos na criação de coletivos regionais, enquanto continuamos fomentando os encontros para debatemos e aprimoramos nossas formas de luta.

No segundo encontro, em São Paulo, aprofundamos debates do primeiro encontro e começamos outros, chegando cada vez mais próximos de definir quais são os princípios que nos unem.

A proposta do EEL, enfim, é encontrar uma forma de organização que seja pautada pelos princípios libertários de atuação, dentre os quais destacamos autonomia, autogestão, ação direta, federalismo e solidariedade.

Entendemos que um movimento de luta não pode depender de organizações estatais, partidárias ou capitalistas para manter-se. Um movimento forte precisa de autonomia política e autogestão dos próprios recursos. Pra quê? Para poder aplicar a ação direta sem ter o rabo preso, para tomar para si o protaginismo nas mudanças sociais. Para, quem sabe, vencer.

Federalismo é o sistema que coloca todas as organizações de base (coletivos regionais) em relação horizontal, permitindo que se articulem lutas estruturais e que se criem e reforcem nossas relações de solidariedade.

Buscamos com isso um movimento que tenha capacidade de avançar na luta contra a precarização e privatização do ensino sem reproduzir a lógica das relações de hierarquia, colocando todxs em pé de igualdade para lutar contra o inimigo comum.

* Libertárias e libertários.

Programação do III EEL!

12.Outubro – Sexta:
20h – GD: Experiências libertárias: o passado e o presente libertário no M.E.

13.Outubro – Sábado:
10h – GD: Os Princípios Libertários: apresentação e debates acerca da atuação libertária.
12h – Almoço
14h – GD: Os Princípios Libertários: acordos e perspectivas
17h – Café da tarde
18h – Construção do esboço da carta de princípios
19h30 – Debate com relação a opressão de gênero existente dentro do movimentos sociais.
20h30 – Janta

14.Outubro – Domingo:
09h – Oficina: Comunicação, Rádio Livre e outras propostas
10h – GD: O programa libertário e a construção do poder popular
12h – Almoço
14h – Plenária final.

Procure o grupo do encontro no facebook e mande um salve! Participe ativamente!
Informações gerais + inscrições do busão que sai de São Paulo:
eel.milharal.org + rizoma@riseup.net

 

Programação do IIIEEL!

Posted: 3rd setembro 2012 by eelsp in IIIEEL

De 12 a 14 de outubro!
Na UNESP Marília!

12.Outubro – Sexta:
20h – GD: Experiências libertárias: o passado e o presente libertário no M.E.

13.Outubro – Sábado:
10h – GD: Os Princípios Libertários: apresentação e debates a cerca da atuação libertária
12h – Almoço
14h – GD: Os Princípios Libertários: acordos e perspectivas
17h – Café da tarde
18h – Construção do esboço da carta de princípios
19h30 – Debate com relação a opressão de gênero existente dentro do movimentos sociais.
20h30 – Janta

14.Outubro – Domingo:
09h – Oficina:  Comunicação, Rádio Livre e outras propostas
10h – GD: O programa libertário e a construção do poder popular
12h – Almoço
14h – Plenária

Participe!

 

 

IIIEEL

Posted: 9th agosto 2012 by eelsp in Sem categoria
Tags:

o IIIEEL acontecerá de 12 à 14 de outubro na UNESP Marília!
Em breve a programação e mais informações.

 

Só para relembrarmos…

Carta aberta do IEEL

O Terceiro Encontro de Estudantes Libertárixs tá chegando… Marília Setembro/Outubro 2012!

 

Fotos do 2ºEEL

Posted: 15th maio 2012 by eelsp in Sem categoria

oficina de segurança

rango coletivo vegano ;)

Programação dias 30.abril e 1º de maio

Posted: 30th abril 2012 by eelsp in Sem categoria

E o Encontro segue resistindo aos percalsos do frio e da chuva.

A maior parte dos debates já foram realizados e a plenária de hoje apresentará os encaminhamentos do Encontro.

Segue a programação de hoje e amanhã:

Segunda 30.abril

10h – Debate sobre a Cúpula dos Povos e a Rio+20

12h – Almoço

14h – Conversa: “Como fazer um coletivo”

16h – Plenária

~ se der tempo: Como usar a ferramenta: We e outras questões de segurança na rede ~

22h – Atividade de encerramento: Peça de teatro com o grupo Bando o Texto Perdeu-se (e o Bacalhau também)

Terça 1º de maio

Mutirão de limpeza e participação do ato do dia do Trabalhador na Praça da Sé

 

 

Programação 29.04

Posted: 29th abril 2012 by eelsp in Sem categoria

Tivemos alterações na programação de hoje, segue abaixo

12h – Almoço coletivo

14h – Espaços estudantis autogestionados e Universidade Livres (Convidadxs: Biblioteca Terra Livre e Ativismo ABC)

16:30h – Debate sobre ME (UNE, ANEL, RECC – conjuntura regional/nacional)

18:30 – Filme-debate sobre a conjuntura internacional do M.E.- “A revolta dos pinguinos”*, de Carlos Pronzato sobre a luta do movimento secundarista e universitário do Chile. O vídeo tem 35 min.

21h Oficinas

  • Cultura Livre: Rádios Livres, Software Livre, ferramentas alternativas online e segurança na rede (Responsável: Coletivo Diabolô e Rádio Várzea)
  • Oficina de Auto-defesa (Responsável: CASO)

_______________

Prévia da programação de amanhã:

segunda 30.abril

10h – PNE em discussão
12h – Almoço coletivo
13h – Roda de conversa sobre a Rio+20 e a Cúpula dos Povos (Responsável: CASO)
15h – Plenária
20h – Jantar coletivo
_22h – Atividade de encerramento: Peça de teatro com o grupo Bando o Texto Perdeu-se (e o Bacalhau também)

:

 

LIBERTA-TE! Festa de abertura do 2ºEEL

Posted: 26th abril 2012 by eelsp in Sem categoria